Por Ana María Barbero Franco   País: España.

“Habitar oníricamente la casa natal, es más que habitarla por el recuerdo, es vivir en la casa desaparecida como lo habíamos soñado” (Bachelar, 1965, p.37) 

A casa representa o lugar mais íntimo das nossas recordações, o primeiro espaço habitado nas nossas memórias. A casa é a origem e o fim, o lugar dos encontros, o lugar de todos os inícios…as paredes pintadas de cores misturam-se com as velhas fotos que jazem submergidas entre densos envelopes de papel transparente…as imagens e os objetos sobrepõem-se à memória, inundam a sala de sabores de café, canela, arroz com leite, uma velha camisa de algodão…com cheiro a lavanda e textura de veludo, uma pele rosada que nos estende a mão e nos ajuda a entender.

Tal como Bachelard afirma, “ao evocar memórias da casa, adicionamos valores de sonho; não somos nunca verdadeiros historiadores, mas sempre um pouco poetas e a nossa emoção, talvez, apenas traduza a poesia perdida “(p. 27), porque” todo o espaço realmente habitado carrega como essência a noção de casa. A imaginação trabalha nesse sentido quando o homem encontra o melhor albergue. Em suma, viver a casa na sua realidade e virtualidade, com pensamentos e sonhos “(p.28).

O projecto expositivo Casa 48, de Ana Barbero, tem como ponto de partida o trabalho de recolha e de inventariação iniciado pela artista e pela fotógrafa Cristina Nogueira, no âmbito dos trabalhos de reabilitação e salvaguarda do Bairro Municipal de Viseu que o Movimento “O Bairro” tem vindo a desenvolver.

A recolha e inventariação do património material e imaterial das casas desabitadas do Bairro Municipal tem como objectivos identificar as características, particularidades, história e relevância cultural dos objetos e memórias que contribuem para determinar o contexto do bairro e a suas vivências sociais que marcaram uma época de vida no Bairro.

Ana Barbero, 2016

* Gaston Bachelar, La Poética del Espacio (1965).

Descargar ponencia completa aquí.

 

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*

HTML tags are not allowed.